Início . Exposições . Bienal de Artes Plásticas


Bienal de CoruchePercursos com arte 2019

A Bienal de Coruche desafia artistas visuais, nacionais e estrangeiros a participarem num programa de Residências Artísticas tendo como referência o contexto histórico, social, cultural, económico e geográfico do território em que se insere. Aceitam-se candidaturas nas áreas de pintura, escultura, ilustração, fotografia, instalação e arte urbana.

As Residências acontecem em duas fases distintas e os trabalhos artísticos resultantes serão apresentados durante a Bienal, entre os dias 28 de setembro e 13 de outubro de 2019.

 

 

Para mais informações pode dirigir-se ao Museu Municipal ou aceder em Bienal de Coruche

Candidaturas até 14 de abril de 2019

Normas de participação

Ficha de inscrição

 

AS ARTES INVADEM O BAIRRO NOVO 

Se mora ou já morou neste bairro e tem fotografias deste espaço e das suas vivências venha ter connosco e ajude-nos a construir uma exposição fotográfica. 

Envolva-se nestes percursos com arte e participe. Entregue as suas fotos para digitalização, até maio de 2019.

Esperamos por si no Museu Municipal de Coruche.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Consulte aqui o histórico das bienais realizadas desde 2003 

 

 

Bienal de Coruche l 2017 - Percursos com arte

 

Em 2017 a Bienal de Coruche – Percursos com Arte volta a incidir na abordagem artística da Instalação. 

À semelhança do que tem acontecido é objetivo deste concurso intervir num percurso urbano de cariz rural pré-estabelecido, onde as obras selecionadas tenham, nas suas variadíssimas formas de expressão, um impacto e uma presença significativa no meio e lugar escolhido. Com esta edição, em termos temáticos, pretende-se reforçar a articulação entre a obra e o contexto da sua inserção, criando uma simbiose entre a obra artística e o espaço que a envolve. O percurso desvia-se, nesta próxima edição, para o rio e a sua margem direita, a jusante do centro da vila, com um possível apontamento na entrada poente/oeste do centro histórico. A relação com os valores urbanos e arquitetónicos permanece de forma mais discreta, no entanto o olhar não se consegue abstrair das infraestruturas que paralelamente o acompanham acrescentando uma mais-valia ao estímulo dos artistas.

As datas que importam, conforme os pontos 11, 21 e 23 das Normas de Participação, são:
- entrega das propostas até ao dia 25 de agosto de 2017;
- nos primeiros dias de setembro faz-se a avaliação e informam-se os participantes;
- os projetos selecionados serão concretizados entre os dias 25 a 29 de setembro;
- a abertura é a 30 de setembro.


Contamos, desde já, com a vossa participação neste concurso que cada vez mais tem vindo a cimentar-se no panorama artístico do país.

 


 

         


 

 

Actualizado em Terça, 26 Fevereiro 2019 12:22